Sobe para 10 o número de mortes na tragédia em creche de Janaúba

Algumas das vítimas foram transferidas para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. Foto: Divulgação PMMG

Morreu hoje (7), em Belo Horizonte, a menina Talita Vitória Bispo, de 4 anos, a oitava criança vítima da tragédia que ocorreu na creche Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, na cidade mineira de Janaúba.

Talita estava com queimaduras nas vias áreas e chegou a ser transferida na manhã de hoje da Santa Casa de Montes Claros para o Hospital João XXIII, na capital mineira, referência em queimaduras no estado. Além de Talita, Matheus Felipe Rocha Santos, de 5 anos, foi transferido de Montes Claros para Belo Horizonte em estado grave.

Na manhã da última quinta-feira (5), o vigia Damião Soares dos Santos, de 50 anos, entrou na creche, onde trabalhava, e ateou fogo em crianças e nele mesmo. O vigia também morreu, assim como a professora Heley Abreu Batista, de 43 anos, que tentou impedi-lo fisicamente e ajudou no resgate de crianças. Quarenta pessoas ficaram feridas.

Alta médica

Todas as 18 crianças vítimas da tragédia na creche Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente que estavam no Hospital Fundajan, em Janaúba, receberam alta hoje (7). Dezesseis estavam internadas e duas em observação. Outras duas pessoas, um adulto e uma criança, seguem internadas em estado estável no Hospital Regional de Janaúba. Os demais feridos estão internados em Montes Claros e Belo Horizonte.