Beira Rio vence nos pênaltis e se classifica para a final do Ipatinguense Sub-12

Beira Rio venceu o Vila Celeste nos pênaltis por 5 a 4. Fotos: Igor Reis

Na manhã desse sábado (11) os times de Vila Celeste e Beira Rio se enfrentaram, no campo do Vila, em busca de uma das vagas na final do Ipatinguense Sub-12. Mesmo debaixo de muita chuva, os atletas não deixaram de lado o bom futebol. No final do jogo, apesar da vitória do Vila Celeste, o Beira Rio venceu nas penalidades máximas e disputará a final da competição.

No primeiro jogo da semifinal, o Beira Rio venceu por 3 a 1. Com isso, o Vila precisava vencer a partida, para forçar as penalidades máximas e chegar à final do Ipatinguense Sub-12.

Com a bola rolando e apesar do campo pesado, devido à chuva, os times apresentaram um bom futebol. No primeiro tempo o Vila Celeste exerceu uma forte pressão sobre o adversário, criando boas oportunidades. Numa delas, Matheus Pereira recebeu a bola e mandou para o fundo do gol de Daniel: 1 a 0 Vila Celeste.

Na segunda etapa, o time do Beira Rio voltou com uma substituição, Richard no lugar Juan. Com a entrada do meia, o time alvinegro passou a criar mais possibilidades e oferecer perigo à meta do Vila.

A pressão quase deu certo. Se não fosse o goleiro Raul, o Vila certamente tinha sofrido o empate e consequentemente a virada. O arqueiro defendeu, no mínimo, quatro boas chegadas do Beira Rio.

O placar do tempo regulamentar terminou de 1 a 0 para o Vila Celeste. Assim, a definição do clube que disputaria a final do Ipatinguense Sub-10 foi para as penalidades máximas.

Nos pênaltis, o Beira Rio levou a melhor, vencendo por 5 a 4. O destaque foi o goleiro Daniel, que defendeu a cobrança de Fred Sartori.

Agora o Beira Rio enfrenta o Jabaquara, que se classificou após venceu o Benfica por 1 a 0, no campo do Planalto. O primeiro jogo da final será disputado no próximo fim de semana, com horário a ser definido.

Confira as fotos

Este slideshow necessita de JavaScript.